Última Roda de Conversa de 2016 é realizada no CRIA

Aconteceu no dia 13 de dezembro, no Centro de Referência da Infância e Adolescência - CRIA, a última Roda de Conversa com atores sociais do Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente (SGDCA) de Uberaba, do ano de 2016.

A Roda tem por objetivo fomentar espaço para o diálogo e discussão sobre os serviços e políticas públicas voltadas para o atendimento do público infantojuvenil em Uberaba. Seu público alvo são todos os profissionais que fazem parte do SGDCA e trabalham em instituições e órgãos dos setores públicos e privados que atuam na Defesa e Promoção dos direitos das crianças e adolescentes e no Controle Social. Os encontros, mensais, também são abertos à toda comunidade.

Durante a 33° Roda, Michelle Carvalho, coordenadora da Comissão Gestora da Roda de Conversa, explicou que na roda do mês de outubro, foi formada uma comissão para discutir o formato do seminário de culminância das ações da Roda de 2016.

Em reunião, a referida comissão definiu que, esse ano, ao invés de realizar um seminário amplo, voltado para os profissionais da rede de proteção, seria realizado encontros “micros” e locais, tendo como referência os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e a sua articulação com os equipamentos sociais e instituições do seu território de abrangência.

Desta forma, os CRAS elaboraram e entregaram os convites, referenciando, as instituições do território para participar das discussões, além disso, e, alguns integrantes da Comissão de Fluxo foram convidados para participar como mediadores desses momentos.

Reunião nos territórios

Uberaba possui oito CRAS, distribuídos em diferentes locais da cidade. Parte da equipe do Instituto Agronelli de Desenvolvimento Social – Iades participaram das reuniões dos territórios em duas unidades do CRAS: Vila Paulista e Residencial 2000. Quem representou o Iades foram às técnicas de desenvolvimento de projetos: Lilia Coelho e Marizélia Costa.

Técnica de Desenvolvimento de Projetos Sociais e Culturais, Lilia Coelho durante a reunião no CRAS Residencial 2000.

Técnica de Desenvolvimento de Projetos Socioambientais, Marizélia Costa durante a reunião no CRAS Paulista.

Para as técnicas os encontros nos CRAS foram produtivos e serviram para iniciar o reconhecimento dos serviços e equipamentos sociais existentes em cada território. É importante que essas reuniões continuem acontecendo para que haja efetivamente um fortalecimento do trabalho em rede local, destaca a técnica do Iades Lília Coelho que também integra a Comissão de Fluxo da Roda de Conversa.

A Roda de Conversa encerra, assim, as atividades deste ano. As reuniões mensais deverão voltar a acontecer a partir de fevereiro de 2017. Para acompanhar notícias da Roda, acompanhe as publicações nas redes sociais.