Instituto Agronelli toma posse no Comitê da Bacia Hidrográfica dos Afluentes Mineiros do Baixo Rio Grande

A técnica de desenvolvimento de projetos do Instituto Agronelli de Desenvolvimento Social, Marizélia Gomes Costa, foi empossada, como conselheira do grupo dos usuários do Comitê da Bacia Hidrográfica dos Afluentes Mineiros do Baixo Rio Grande (GD8). A suplente é a Coordenadora do Instituto Agronelli, Mariângela Terra Branco Camargos.

O fundador do Instituto Agronelli e empresário rural, Marco Túlio Paolinelli, também esteve presente. Durante a cerimônia, foi citado devido à realização do “Projeto Águas Perenes” que contribui com a vazão de dois importantes afluentes do rio Uberaba: os córregos “Borá” e “Borazinho”, que nascem dentro da propriedade dele.

O evento foi realizado no Sindicato Rural de Uberaba (SRU) na manhã da última quarta-feira (2). Na ocasião, houve a apresentação da chapa que comandará o biênio 2018/2019. A diretoria empossada é composta pelo presidente Marco Túlio Machado Borges Prata (representante da Prefeitura Municipal de Uberaba); vice-presidente Hideraldo Buch (da Secretaria de Estado de Saúde) e pelos secretários Maurício Marques Scalon (representante do Fórum Nacional da Sociedade Civil – Fonasc) e Ivone Aparecida Borges (representante do Codau).

Com população de nove milhões de habitantes, a Bacia Hidrográfica do Rio Grande é formada por 393 municípios. Para gerir os recursos hídricos foram instalados Comitês de Bacias Hidrográficas em todas as bacias afluentes. São seis comitês na porção paulista e oito comitês na vertente mineira da bacia.

O GD8 é composto por Uberaba, Água Comprida, Campina Verde, Campo Florido, Carneirinho, Comendador Gomes, Conceição das Alagoas, Conquista, Delta, Fronteira, Frutal, Itapagipe, Iturama, Prata, Pirajuba, Planura, Sacramento, São Francisco de Sales, União de Minas e Veríssimo.