Instituto Agronelli destina aproximadamente 320,00 quilos de pilhas e baterias

No último dia 16 o Instituto Agronelli destinou 320 quilos de pilhas e baterias atendendo a logística reversa, através de uma parceria fechada com a GREEN ELETRON - Gestora para resíduos de equipamentos eletroeletrônicos nacional, para essa parceria, foi assinado um TERMO DE COOPERAÇÃO PARA IMPLANTAÇÃO DE LOGÍSTICA REVERSA, e o objeto do presente termo é a atividade de recebimento, consolidação e armazenagem ambientalmente adequada, como parte da logística reversa de pilhas descartadas por consumidores domésticos (pessoa física) ou estabelecimentos credenciados e participantes do Programa de Logística Reversa da GREEN Eletron.

O Instituto Agronelli é um PONTO DE CONSOLIDAÇÃO que após receber deverá efetuar a consolidação dos materiais em seu estabelecimento em recipientes apropriados, disponibilizados pela GREEN Eletron, realizar a devida pesagem dos materiais recebidos, para controle do volume interno, armazenar os volumes recebidos e deverá disponibilizar os volumes armazenados para que a GREEN ELETRON possa retirá-los no local e dar sequência ao processo de logística reversa providenciando toda documentação necessária para movimentação do material armazenado.

A logística reversa é um dos instrumentos para aplicação da responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos. A Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), Lei nº 12.305, de 2 de agosto de 2010, e seu regulamento, Decreto Nº 7.404 de 23 de dezembro de 2010, define a logística reversa como um "instrumento de desenvolvimento econômico e social caracterizado por um conjunto de ações, procedimentos e meios destinados a viabilizar a coleta e a restituição dos resíduos sólidos ao setor empresarial, para reaproveitamento, em seu ciclo ou em outros ciclos produtivos, ou outra destinação final ambientalmente adequada.”

As Pilhas e baterias são consideradas resíduos perigosos por conterem em sua composição metais pesados altamente tóxicos e não biodegradáveis, como cádmio, chumbo e mercúrio, que são extremamente perigosos à saúde humana.

A forma como são eliminadas e o consequente vazamento de seus componentes tóxicos contaminam o solo, os cursos d’água e o lençol freático, atingindo a flora e a fauna. Através da cadeia alimentar, essas substâncias chegam, de forma acumulada, aos seres humanos.

Para Marizélia Gomes, técnica de projetos e coordenadora das ações ambientais do Instituto, e um marco histórico, pois desde 2008 o Instituto Agronelli vem trabalhando e buscando parcerias para que seja efetivada a Logística reversa para esse tipo de resíduo, consideramos que é um ganho muito grande para nossa cidade onde a comunidade e pontos primários e secundários poderão ter a oportunidade e responsabilidade de destinar corretamente suas pilhas e baterias em aplicação da logística reversa.

Ela explica que o Iades é ponto fixo de coleta de resíduo eletrônico. Para ela, dois pontos favorecem o descarte incorreto: o primeiro se dá pelo fato da logística reversa ainda não ter sido efetivada em todos os seguimentos, o segundo, por causa do desconhecimento das pessoas sobre os danos que o descarte incorreto causa à saúde e ao meio ambiente. “Muitas vezes nos deparamos com resíduos jogados dentro de caçambas, em terrenos baldios, nas calçadas, etc., e é nesse momento que percebemos como as esse tipo de parceria e as campanhas de sensibilização são importantes e necessárias,” finaliza.

Para mais informações entre em contato: (34)3313-0770, Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Os cookies nos permitem fornecer funcionalidades como segurança, gerenciamento de rede e acessibilidade. Eles melhoram a usabilidade e o desempenho por meio de vários recursos, como reconhecimento de idioma, resultados de pesquisa e, assim, melhoram o que oferecemos a você. Nosso site utiliza de cookies de terceiros, por exemplo, Youtube e Google, e eles geram publicidades mais relevantes para você. Ao clicar nos botões você pode aceitar os cookies que utilizamos no nosso site que são os de armazenagem de seus dados preenchidos. Porém se quiser saber mais sobre os cookies que usamos, acesse nosso